Efeitos da mobilização neural sobre a dor, força muscular e amplitude de movimento: revisão de literatura

Ana Quesia Pereira Castelo Branco

Resumo


A mobilização neural é uma técnica utilizada desde 1800 com o objetivo de restaurar o movimento e a elasticidade do sistema nervoso através de técnicas de tensão e alongamento, restabelecendo a neurodinâmica adequada e diminuindo os sintomas gerados por lesões compressivas nervosas. O objetivo deste estudo foi revisar a literatura brasileira existente acerca do uso da mobilização neural e seus efeitos sobre a dor, força muscular e amplitude de movimento nas diversas disfunções nervosas. Realizou-se um levantamento bibliográfico dos artigos relacionados à mobilização neural publicados entre 2010 e 2018, em língua portuguesa nas bases de dados SciELO e LILACS, a fim de analisar os efeitos da técnica em indivíduos sadios e portadores de patologias compressivas. A técnica demonstrou resultados positivos na diminuição da dor, aumento da força muscular e amplitude de movimento na população avaliada. Conclui-se que a mobilização neural é eficaz ao ser utilizada para reabilitar a função motora e reduzir a dor, porém devido ao baixo número de estudos acerca da técnica, sugere-se que sejam realizadas mais pesquisas para que haja um maior embasamento científico sobre os seus efeitos.


Palavras-chave


mobilização neural; dor; força muscular; amplitude de movimento; fisioterapia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-1244/sr.v18n50p77-83

ISSN Eletrônico: 2238-1244